Sunday, December 5, 2010

[Review] Grey's Anatomy: 7x10 - Adrift and at Peace

Finalmente temos algumas mexidas. Algo bom para a série, que parecia ter parado no tempo. Uma luz ao fundo do túnel surge com uma ida à pesca.

Cristina Yang volta a ser o centro do episódio. O seu problema continua a dar que falar, e quase todos os médicos estão preocupados com a situação de Yang. Uma situação que me preocupa a mim e aos fãs, que já estão impacientes. Derek continua a ser o braço-direito da médica. A ida à pesca parece monótona, mas mostra-se muito proveitosa. Quem costuma ler as críticas cá no Series no PC, sabe que tenho vindo a tentar perceber a intenção dos produtores da série. Será para gostarmos ainda mais da personagem e valorizá-la quando voltar? Será para criar um momento bonito, ou estão à espera de um momento bonito para o regresso? Pois bem, isso não ficou bem saliente neste episódio. Mas a minha interpretação leva-me a estar de acordo com estas suposições. Lá iremos.

O hospital esteve um pouco em stand-by neste episódio, apesar de termos tido um caso interessante. Falo do paciente que Teddy ajuda. Será que temos a esperada cara-metade da médica loira? Eu acredito que sim, mas estou um pouco receoso. Não vejo vontade nenhuma nem coerência. Será que sairá destes minutos de conversa uma paixão? Estou também um pouco desiludido com a prestação da actriz Kim Raver que tem-se mostrado um pouco distante. Daí não ter encontrado uma química entre o casal. Falta algo.

A quem não falta nada é Cristina, que rouba todas as cenas, mesmo onde não aparece. Meredith e Hunt estão pegados. Não sei se será algo duradouro, mas eu espero que não. Espero e acredito.

Quem eu não acreditava que voltasse é a relação de Lexie e Mark. Parece que ambos se renderam e o amor refloresceu. Ao contrário desta situação, e temos a tentativa de ponto alto do episódio, temos o regresso de Arizona. A ex-namorada de Callie assim o continuará a ser. Ex. Torres continua magoada com o que aconteceu no aeroporto e não a perdoa, nem mesmo sabendo que deixou África por ela. A mim chocou-me, mas não foi tão emocionante como esperava e como se pretendia.

Continuando com relações e para terminar este tema, temos Bailey com uma nova relação. Não sei se real, se não, mas não vejo o casal a prevalecer. O médico novo que apareceu este episódio pediu para sair com Bailey e ela aceita. Mas não vejo nada a sair dali. Simplesmente não combinam. Física e psicologicamente.

Voltando agora ao núcleo do episódio (e da temporada), o resultado da ida à pesca. Yang consegue capturar um peixe, "dos maiores deste ano". Quando tira uma foto para recordar mais tarde, a médica chora e sorri. Como dizia anteriormente, a série procurava um momento bonito. Seja para inserir o momento ou para criar o momento. Melhor que isto, só mesmo a junção dos dois, conjugando num momento especial.

Grey's Anatomy entra assim em hiatus. Com um final tenso mas longe da excelência da série. Mas retiro do episódio diversos avanços que serão muito úteis para a próxima parte da temporada. Até Janeiro!

PS: Esqueci-me de outro aspecto nossa querida Bailey! O carácter cómico da personagem esteve presente para nos alegrar o episódio. Excelente prestação (como é hábito) da actriz Chandra Wilson.

Post a Comment

Ao comentar, não esqueça de colocar seu nome no campo "nome/url". Caso não tenha um site/blog/twitter, deixe o campo "url" em branco. Comentários anônimos não serão aprovados pela moderação.

Category 5

?max-results="+numposts2+"&orderby=published&alt=json-in-script&callback=recentarticles6\"><\/script>");

Category 6

Category 7

 
Copyright © 2014 Séries no PC