Monday, November 1, 2010

[Review] In Treatment - Jesse (Week One)

Com a falta de tempo, decidi adotar as sessões do Jesse para essa temporada de In Treatment. Gosto da série não só pelo conteúdo, mas pela flexibilidade de permitir que o espectador escolha a quais sessões de tal paciente assistir, sem se perder na história.

Personagem escolhido a dedo, e parece que acertei. Jesse promete ser um paciente cheio de problemas, muitos díficeis de resolver e bem conflitantes. 

E é assim que In Treatment começa a terceira temporada, com uma storyline bem certinha, mas que deixa a gente a pensar.

Jesse é um garoto de 16 anos, homossexual e adotado, viciado em celular e internet e tem a fotografia como terapia pessoal. Não fosse isso, a flor da idade remete ao seu pensamento constante sobre sexo. Quando a terapia começa, de cara já percebemos que Paul conhece alguns personagens da vida de Jesse, o que deixa entendido o fato de que as sessões já foram iniciadas a um bom tempo e estão em estágio avançado.

A sessão acaba focando mais nos pais biológicos de Jesse, que ele não conhece mas os fantasia, sendo seu pai sempre um homem bom e sua mãe, uma "vadia" como ele sempre define. Não fosse isso, Jesse fica o tempo todo tentando fugir do assunto e distrair Paul com seu celular, internet ou falando de sexo.

Mas como o bom terapeuta que ele é, consegue extrair um ponto importante - Jesse revela uma gravação, de uma ligação que recebeu de uma mulher tentando marcar um encontro, justificando "achar ser" sua mãe biológica.

Fica díficil apenas por um episódio saber se o jeito do Jesse é assim, mas dá pra perceber que toda sua agitação é por causa desta ligação, pelo fato de ter passado a semana inteira sem ter a quem contar sobre ela.

Dúvidas ficam também sobre o relacionamento de Jesse com o namorado e os amigos do bar que ele frequenta, além do motivo dele figurar seu pai como uma pessoal tão especial e odiar tanto a mãe biológica, se nem conhece a ambos.

É só o começo de algo que já está no meio, mas acabou sendo bem interessante. Gerar dúvidas e incertezas e saciar nossas curiosidades nos episódios seguintes. Deixar o roteiro original e seguir um texto e história independente foi um dos grandes trunfos de In Treatment para essa temporada e pela primeira terapia de Jesse, dá pra perceber que esse menino vai render muito.

Paulo Victor é estudante de Química Industrial, redator-chefe e editor do Séries no PC, trazendo notícias e informações, além dos reality reviews e alguns reviews. Está também no site da MTV, no Pernambuco em Cena.

Post a Comment

Ao comentar, não esqueça de colocar seu nome no campo "nome/url". Caso não tenha um site/blog/twitter, deixe o campo "url" em branco. Comentários anônimos não serão aprovados pela moderação.

Category 5

?max-results="+numposts2+"&orderby=published&alt=json-in-script&callback=recentarticles6\"><\/script>");

Category 6

Category 7

 
Copyright © 2014 Séries no PC